Skip to content

Lobo em pele de cordeiro

20 julho 2006

No ano de 2001, a Microsoft fez uma forte jogada e lançava o seu Windows XP, lembro que na época todo mundo só queria migrar de Windows 98/2000 para o XP. Comparando o XP com o Windows 2000 era uma evolução, menos travamentos, mais segurança (embora ficou provado que não) e efeitos visuais, fizeram com que o sistema da Microsoft ficasse bastante popular. E em nivel de desktops, esse domínio do Windows XP iria durar mais alguns anos, até que…

em 2004, época após o Lançamento do Windows XP SP2, o mundo Linux se direcionou e respondeu a altura a jogada da Microsoft, e como num jogo de xadrez a resposta veio a altura, foram lançadas diversas frentes dentro do mundo Linux, várias distribuições ganharam um espaço considerável dentro do mundo da informática. O mundo Linux seguiu ganhando mais força desde então, com sistemas cada vez mais próximos da realidade do usuário, falo de Ubuntu, Suse, Debian, Mandriva. Claro, há mais exemplos, citei os principais.

Ninguém nega que hoje se compararmos com 2, 3 anos atrás o Linux cresceu bastante, vejo muitos usuários novatos, muitos que ainda usam o dual-boot e tentam largar o windows, outros já o largaram de vez. Mas o melhor, o Linux é pop, usar o pinguim já não é mais sinônimo de ser nerd – embora eu seja com muito orgulho – e sim em ser alternativo ao padrão. Claro que o pinguim tem muitas dificuldades, comparando com o rival, não pode fazer uma campanha de marketins massiva e tem poucas empresas e profissionais especializados. O que compensa pelos fortes atributos usados por quem o usa e o desenvolve: segurança, rapidez, estabilidade.

Agora vem por aí o Windows Vista, nada novo dessa vez, uma melhorada aqui, outra ali, mais recursos visuais, nada que os usuários Linux e Mac já não usem atualmente. Mas então, se a próxima jogada (Vista) da Microsoft não tem nada tão inovador, por que o Linux deveria se preocupar? Simples, eles não iriam e nem vão deixar tão fácil pra nós.

Iniciei hoje o dia lendo a seguinte noticia: Microsoft divulga 12 princípios para evitar problemas com processos antitruste. seguindo então para o site original deu pra ver como vai ser a resposta da MS.

12 Princípios para promover a competição.

Esses princípios descrevem como a Microsoft irá agir, dentro do mercado, talvez, por cima dos panos ela até o faça, mas a história nos prova que por debaixo a coisa é bem mais complexa.

Entre outros a Microsoft promete que:

Princípio 1 ao 5: Livre escolha para fabricantes e clientes.
“Computer manufacturers and customers are free to add any software to PCs that run Windows. More broadly, every computer manufacturer and customer is free to install and promote any operating system, any application, and any Web service on PCs that run Windows.”

Fabricantes de computadores e consumidores são livres para adicionar qualquer software aos seus PCs que rodam Windows. Cada fabricante e consumidor é livre para instalar e promover qualquer sistema operacional, aplicação e qualquer Web service em PCs que rodem Windows.

Resumindo: Um pc poderá sair da loja com Apache no lugar do IIS, gaim no lugar do MSN, OpenOffice no lugar do Office, etc, que a Microsoft não vai fazer nada contra.

Princípios 6 ao 9: Oportunidade para os desenvolvedores.
Nesse principio a Microsoft se compromete a abrir mão da maioria das suas patentes do Windows para os desenvolvedores, promete também que os padrões de industria criados pelo windows terão maior integração com outras empresas, e vai lançar o Windows para que os consumidores usem qualquer web site ou web service.

Principios 10 ao 12: Interoperabilidade para os usuários.

A Microsoft se compromete a deixar o Windows amigo dos outros sistemas operacionais para a troca de informações com o seu sistema.

Ao ler isso pela primeira vez passou até pela minha cabeça que se tratava de uma empresa honesta, transparente, que respeita os direitos dos usuários, até que lembrei que se tratava da velha Microsoft, e lembrando novamente do jogo de xadrez eu vejo claramente a postura da Microsoft.

Preparem-se para a Microsoft boazinha, primeiro Bill Gates fazendo largas doações para os pobres da África, agora sua empresa diz que vai ser uma boa garota e se comportar. Tudo isso só me ver o quanto o Linux está incomodando, o quanto a Microsoft tardiamente percebeu que a postura imperialista um dia iria afastar clientes.

Bem, esse vai ser o próximo passo da Microsoft, se vestir de cordeirinho e vender seu sistema novo, mas que de novo não tem nada. Vamos aguardar o próximo passo da comunidade Linux agora.

“Primeiro eles te ignoram… Depois eles riem de você… Então eles lutam contra você… Aí você vence.” Gandhi

Fontes:

http://www.microsoft.com

http://www.idgnow.com.br

http://www.wikipedia.org

http://www.google.com

From → Linux

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: