Skip to content

Usurpadores do software livre

24 agosto 2009

SL e sua qualidade.

É incrível o quanto o SoftwareLivre cresceu nos ultimos anos, isso é inegável. Mais inegável ainda é a sensação de qualidade que criou-se quando se fala de SL, e é claro, totalmente justa. Hoje dizer que se trabalha com SL é uma vantagem, pois temos a falsa impressão que todo código desenvolvido como SL é de ótima qualidade, mas… Como assim falsa impressão?? bem, é verdade. Existe sim SL de baixa qualidade, existe SL de todo tipo.

A maioria dos projetos em SL ao nascer, são pequenos, pouca gente olhando o código, isso faz você encontrar certas bizarrices no código que não vou detalhar, coisa de amador mesmo, isso é normal, o primeiro código que contribuí para um projeto SL tenho vergonha de ver hoje, era horrível, espero ter melhorado bastante de lá pra cá.

Essa fase inicial também acontece em projetos fechados, as vezes pior.

Felizmente, essa fase passa rápido e logo o projeto tem uma comunidade atenta a sua volta, onde esses códigos digamos assim ‘ruins’ não ficam muito tempo dentro do projeto.

Posso dizer que muito do que aprendi desenvolvendo foi graças ao SL, é incrível como se aprende a programar mais eficiente. Recomendo a todo desenvolvedor que está começando a carreira, participe de um projeto SL, as melhores técnicas e cursos que você pode aprender você tem de graça na internet trabalhando nesses projetos.

Enfim, a quantidade de testes e revisões que um projeto de SL passa é muito maior comparando com Software Proprietário (SP). O que faz a qualidade de Softwares desenvolvidos em comunidade serem bem acima de Softwares fechados. Grandes empresas já viram essa realidade e embora tenham um time completo de desenvolvedores trabalhando em seus projetos, não dispensam a comunidade (Leia-se RedHat, SUN; aqui no Brasil o SERPRO e a Celepar caminham também nessa direção).

Os Usurpadores

Bom, agora vamos ao porquê do título do post.

Bem pessoal, há alguns dias eu li um documento de uma grande empresa de desenvolvimento de Software brasileira, onde ela fala que “usando o SL xxx , modificamos seu código para criar a solução yyy“, até aí tudo bem né, que bom que uma empresa grande está criando e usando SL para suprir suas necessidades. Mas ela não pára por ai, e ela mesmo se cita como “parceira” desse reconhecido projeto SL.

Agora vamos aos fatos…

Mas como a grande empresa contribuiu para o projeto?

Depois de analisar com calma o código fonte da solução, cheguei ao seguinte resultado:

A grande modificação que ela fez foi mudar o ícone do atalho da aplicação e jogou alguns parametros na linha de comando, algo como:

Antes: /usr/bin/aplicacao

Depois: /usr/bin/aplicacao –openfile /home/user/meuarquivo –fullscreen

Hummm, “modificação” e “criação” de SL foi por água abaixo!

Vamos checar a tal “parceria”..

Entrando em contato com o pessoal responsável pelas doações do projeto SL citado eles não confirmaram nenhuma doação vindo da empresa citada.

Fazendo uma pesquisa nos commits do código do projeto citado, também não encontrei nenhuma contribuição por nenhum desenvolvedor com email da @empresausurpadora.br.

Conclusão

SL é SIM sinônimo de qualidade, a prova irrefutável que temos hoje disso são empresas de renome usando em seus portfólios de produtos referências a projetos Livres, onde eles não contribuem com uma linha ou um dólar.

Não acho que seja um pecado mortal não desenvolver sequer uma linha de código e usar a solução livre. O que acho IMORAL é mentir dizendo que está fazendo parceria e que está contribuindo com o projeto, levando a um cliente leigo a achar que a empresa está aperfeiçoando uma ferramenta livre.

Lamentável, e sei que isso ocorre bastante.

Se você é um desenvolvedor que trabalha num desses projetos, que feio hein! porque questiona seus superiores isso? tudo bem, você vai me dizer que pode perder o emprego, mas, melhor que perder a dignidade não?

Se você usurpador empresário usa o nome do SL para ganhar dinheiro, mentindo ocultando a informação que não contribui com nenhuma linha, e se diz parceiro sem dar nada em troca, ainda há chance, a maioria dos projetos tem um link para uma doação usando paypal, que tal doar 1% do que fatura com o SL para o projeto?

Bom é isso, abraços.

FAQ

a) Qual a empresa citada nesse post?

– Não irei dizer, por motivos pessoais.

b) Qual o projeto SL que foi usurpado?

– Também não irei dizer, por motivos pessoais.

c) Você não vai fazer nada?

– O pessoal do projeto citado foi informado dos fatos, não quero alarde, se eles vão fazer algo a respeito, é com eles.

From → Uncategorized

2 Comentários
  1. Rondinelli permalink

    Putz, que degradante..
    Nesses casos, é possível mover algum tipo de ação judicial?

    Abraços!

    • Nilson permalink

      Bom, até hoje não me retornaram nada, acho que isso é tão comum que resolveram nem ir atrás de fazer confusão.

      Acho que caberia sim ao grupo do projeto citado primeiro advertir, depois entrar com as medidas cabíveis, pois estão simplesmente roubando o nome pra se promover.

      Mas isso tudo é dificil nesse país, a empresa poderia questionar até que ponto eu sou contribuidor ou não? infelizmente não há uma lei definindo isso, e o pior, imagine um juiz leigo julgando isso, complicado não? mas vamos ver se esse texto cai nos ouvidos dos acusados ou quem sabe a carapulça caiba em outros tantos por aí.

      Eu fiz minha parte, pra ao menos saberem que tem gente por ai de olho neles..

      abraços

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: