Skip to content

Flash e o Linux

11 julho 2011

Como usar Webcam, criar jogos ou rodar vídeos na Web? Até pouco tempo a grande maioria das pessoas te diria: Flash. Hoje o plugin da Adobe é o mais usado pra fazer essas duas tarefas, fazendo com que quase todo navegador tenha a obrigação de vir com o flash instalado por padrão. A hegemonia do flash nessas áreas fez com que hoje tenhamos vários frameworks, add-ons, plugins de CMS, etc, e jogar um player de vídeo no seu site é uma tarefa muito simples. Todo esse ecossistema faz com que o flash tenha o monopólio nessas áreas da web, em algumas mais do que outras.

E o que o Linux tem a ver com isso?
Bem, eu vejo por aí muita gente reclamando do Linux ou do Firefox nos fóruns da vida, e quando vamos ver o problema muitas vezes é o danado do flash. O que a maioria das pessoas não entende é que o flash que elas instalam no Windows não é o mesmo flash do Linux, o fato de termos o mesmo número na versão de ambos dá essa impressão que é o mesmo, passando então o problema para o andar de cima, o navegador, e em seguida o sistema operacional.

Mesmo sendo a mesma versão, os dois são plugins diferentes, sua construção é diferente, basta lembrar que em muito tempos o usuário linux sempre usava uma versão anterior do flash.

Portanto, o plugin é diferente, não é tão maduro quanto a versão Windows, tem muitos bugs por natureza, mas sinto que na versão linux tem mais ainda, e o porque dessa quantidade de bugs eu não vou abordar aqui.

O fato do flash ser proprietário também ajuda a manter a má qualidade do produto, já que ninguém pode colaborar com seu desenvolvimento e adaptação ao Linux.

E o que fazer então?
Bom, o primeiro passo é reclamar com a Adobe, que é responsável pelo produto. Embora eu já aviso logo que o suporte deles não é dos melhores nas respostas aos usuários.

Felizmente há uma luz no fim do túnel, os players de vídeo html5 estão abocanhando uma fatia cada vez maior do mercado, já há protótipos de implementação de ferramentas de webconferência, e o html5 também tem se saído uma boa alternativa pra área de games.

Conclusão
Não saia jogando a culpa desses erros de flash no firefox ou no linux.
Nesse ponto eu concordo com o Steve Jobs, o flash tem que sumir, ele é bugado, requer muito hardware e ainda por cima é um padrão fechado.

From → Linux

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: